IPUC
FATIPUC

51 2103-3000


Tecnólogo em Radiologia Autorização: 820/2014


Apresentação

O Tecnólogo em Radiologia estará apto a operar equipamentos, assessorar, supervisionar, planejar, avaliar, realizar applications, entre outras, nos serviços de Ressonância Magnética, Medicina Nuclear, Tomografia Computadorizada Helicoidal e Multislice, Radiologia Digital, Mamografia, Radioterapia, Hemodinâmica, Radiologia Convencional, Radiologia Odontológica, exercer a docência e evoluir seu aprendizado no pós-graduação.

Duração do Curso

6 semestres

Próximas Turmas

Matrícula:
por semestre/disciplina

Início das aulas:
17/02/2020

Documentação para matrícula

  • Fotocópia da identidade;
  • Fotocópia do CPF;
  • Fotocópia do Título de Eleitor;
  • Fotocópia do comprovante (atual) de endereço;
  • Histórico de conclusão do Ensino Médio original ou fotocópia autenticada em cartório;
  • Certificado de reservista ou dispensa do serviço militar (se for o caso);
  • * Fotocópia da carteira de identidade, do CPF e de um comprovante de residência atual do contratante (o comprovante deve estar com o endereço completo), caso o responsável pela matrícula não seja o aluno.
  • * O CPF do contratante está sujeito à consulta em órgãos de proteção de crédito.

Processo Seletivo 2020/1

As inscrições podem ser efetuadas na internet ou na Central de Atendimento do IPUC

  • Prova única de Redação;
  • Taxa de inscrição: R$ 30,00;
  • Provas Semanais: Quartas e Quintas, de 06/11/2019 à 20/02/2020
    Disponível em 3 horários diferentes: às 10h às 15h ou às 19h

Acesse vestibular.ipuc.edu.br e agende o seu.

Investimento Semestral

Turno da Noite
*Valores com 25% de abatimento como incentivo para estudar todos os dias. Válido para pagamento até a data de vencimento.
1 + 5x de R$ 833,67

Valor original do Semestre: 1 + 5x R$ 1.111,56 (valores sem qualquer desconto)
Valores válidos para 2020.


Turno da Noite
1 + 5x de R$ 666,98
Turno da Noite
1 + 5x de R$ 444,57

Noite:
19h às 22h

Período Início Término
NOITE
1º Pré-aula 18h20min 19h
19h 19h40min
19h40min 20h20min
Intervalo 20h20min 20h35min
20h35min 21h15min
21h15min 22h

A Pré-aula: 18h20min às 19h

Neste horário, o aluno terá um espaço, com um professor da área, para um atendimento individualizado em que poderá sanar suas dúvidas de acordo com as necessidades pedagógicas.

Para eventuais dúvidas e esclarecimentos, por favor,
clique aqui.

Objetivos do Curso

Formar profissionais com visão integrada da área de Radiologia Médica, com enfoque principal na obtenção de imagens geradas a partir de radiações ionizantes. Motivar e capacitar para assumir um processo de educação permanente, necessário para adaptar-se às modificações do mercado de trabalho que decorrem da evolução do conhecimento científico e tecnológico.

Sem Disciplina
Anatomofisiopatologia I
Educação para a Saúde
Física das Radiações
Anatomofisiopatologia II
Comunicação Oral e Escrita
Informática Aplicada
Psicologia e Bioética
Radioproteção e Biossegurança I
Estágio Supervisionado I
Imagenologia I
Inglês Instrumental e Técnico
Radiologia Convencional I
Radioproteção e Biossegurança II
Imagenologia II
Medicina Nuclear
Radiologia Convencional II
Métodos Especiais em Tecnologia Radiológica I
Métodos e Técnicas de Pesquisa
Ressonância Magnética
Tomografia Computadorizada
Bioestatística
Estágio Supervisionado II
Gestão em Saúde
Métodos Especiais em Tecnologia Radiológica II
Radiologia Odontológica
Radioterapia
Trabalho de Conclusão de Curso

Todos os semestres são oferecidas 80 vagas para o ingresso no Curso Superior de Tecnologia em Radiologia. Essas vagas são distribuídas pelas seguintes formas de ingresso:

Vestibular

Processo seletivo realizado através de prova de redação.

Transferência

Para o ingresso por transferência de outra instituição, somente será aceita a transferência de um curso da mesma área de conhecimento, e de alunos que já tiverem concluído um semestre completo em outra instituição de ensino (não influenciando a quantidade de disciplinas concluídas no semestre). No processo de transferência de alunos oriundos de cursos idênticos, dispensa-se o processo seletivo. Para alunos transferidos de cursos afins, ou seja, da mesma área do ,conhecimento, é necessário realizar processo seletivo.

Documentação para as transferências:

histórico total ou parcial mais conteúdos programáticos/ementa das disciplinas ou descrição das habilidades e competências.

Diplomados

Havendo vagas será aceito o ingresso dos diplomados, sem vestibular.

O que é um tecnólogo?

É um conjunto de atividades de caráter técnico, social e cultural a ser realizado pelo acadêmico e que proporcione a aplicação dos conhecimentos teóricos apreendidos por meio da vivência em situações reais do exercício de sua futura profissão. Trata-se de um profissional de nível superior, apto a desenvolver atividades em uma determinada área. Possui formação direcionada à aplicação, desenvolvimento e difusão de tecnologias, com formação em gestão de processos de produção de bens e serviços. Tem como grande diferencial a ênfase na capacitação para empreender, em sintonia com o mercado. Portanto, os cursos superiores de tecnologia formam profissionais especializados em um ramo específico de uma determinada área, como por exemplo o Tecnólogo em Radiologia, mantido pelo Centro Tecnológico IPUC.

O diploma, a titulação obtida no Curso Superior de Tecnologia é igual à obtida em curso superior de graduação convencional (cursos em faculdades ou universidades)?

O Curso tecnólogo dá ao cidadão formado o diploma de graduação em nível superior, exatamente como qualquer outro curso de qualquer área. Enfim, trata-se de um curso superior como qualquer outro, mas direcionado para um determinado foco, no nosso caso, para a área da saúde.

Qual a diferença entre um curso superior de graduação convencional (bacharelado) e um curso superior de tecnologia (tecnólogo)?

A primeira grande diferença é o tempo de formação: um tecnólogo pode ser formado após um curso de duração de 3 anos, cursando 2400 horas. A segunda diferença é que o tecnólogo tem uma formação específica para o mercado de trabalho, ao passo que o bacharelado confere uma formação mais abrangente. A terceira diferença é que, em razão do tempo mais curto de formação, existe a possibilidade de ingresso no mercado de trabalho de forma mais rápida.

Depois de concluir um curso superior de tecnologia (tecnólogo), o profissional pode dar prosseguimento aos seus estudos realizando cursos de extensão, especialização, mestrado ou doutorado?

A LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação, Lei 9394/1996), combinada com o Parecer 436/2001 permite que o egresso do tecnólogo (aluno formado no curso de tecnologia), dê prosseguimento aos seus estudos em outros cursos e programas de educação superior, tais como extensão, especialização, mestrado e doutorado. Depende, evidentemente, do interesse do tecnólogo.

Por que foram criados os tecnólogos (cursos superiores de tecnologia)?

Os tecnólogos surgiram para suprir uma demanda crescente no mercado de trabalho, que exige uma maior preparação, formação e aprimoramento e profissional no menor tempo possível. Desta forma, tem-se um profissional de nível superior formado em menor tempo, tendo em vista que algumas pessoas não querem ou não podem dispor de quatro ou cinco anos para cursar uma faculdade (curso superior convencional).

Mural